1 fevereiro
2016

Como usar peças clássicas com um toque contemporâneo 5.00/5 (100.00%) 1 vote

Sou adepta às peças clássicas. Na verdade eu acredito que em nosso armário deveríamos ter um percentual maior de roupas atemporais (talvez algo que fique entre 70 ou 80 %) e o restante aquilo que chamamos de roupas de temporada, mais arrojadas. A mesma coisa acontece com acessórios… Ter a opção de sapatos e bolsas que fogem de tons neutros, pode ser uma ótima opção para despertar um interesse a mais no look.

Porque não somos de todo um ser clássico ou contemporâneo. Somos a mistura resultante de uma noite bem dormida e a consequência de um dia de trabalho, ou de uma inesperada e agradável surpresa. O que nos dá um tempero à vida e pede um visual despojado, livre de padrões e etiquetas.

Ok, estamos falando de mix de estilos para uma saidinha “de leve” com as amigas, por exemplo, em que uma calça reta, uma saia lápis midi ou uma camisa branca e clássica parecem caretas demais.

Mas saiba que toda peça, por mais clássica que seja, pode ganhar novos ares quando você dá o tom, o ritmo da dança. Quer sair com a afinação da orquestra sinfônica? Muito bem, você pode e deve coordenar as peças de modo a ficarem exatamente alinhadas e “afinadas” entre si. Mas se o  dia é mais para o “rock bebê”, o clássico pede um help e aí sim entra nossa “expertise”  e voilà.Vamos criar possibilidades.

COM ACESSÒRIOS

Olivia Palermo é o ícone de bom gosto e sofisticação. Ele coordena e brinca com as peças.

Tem um acervo super vasto de onde tirei a inspiração do post de hoje…

Neste caso um clássico chamise de petit pois ganha um toque contemporâneo com os sapatos de tiras (parece pitton) e a clutch pink.

op

Pulseira sobre a manga e a clutch de piton amarela  são “a cereja do bolo” que contrapõem na dança dos clássicos.

No caso este vestido com estampa quadriculada, corte assimétrico cintura abaixo.

op

Ainda sobre acessórios, os sapatos de cor contrastante quebram a monotonia do neutro. É o que dá o tom, o ritmo da dança.

op

COM SOBREPOSIÇÃO

A sobreposição de peças, quando bem coordenada, dá um ar cool ao look. As mangas longas aparecem sob a capa dando graça e leveza. Scarpins em tom de azul fecham assertivamente o visual.

op

Peças P&B (um clássico), como a blusa de fio sobrepondo com personalidade a camisa branca.

op

CORES E ESTAMPAS

A harmonia é o que vai determinar se o look funciona ou não. Coordenar cores e formas pode ser um pouco perigoso e devemos cuidar para não “errar a mão”.

Cores vibrantes sobre cores mais sóbrias e a mescla de estampas com cores semelhantes em segundo plano deram certo. O que poderia ser um look clássico boring, ficou super interessante.

op

 

 

Confesso que não é fácil. Ousar implica erros. Mas a vida é assim… que graça teria passarmos por ela sem desfrutarmos do sabor dos desafios?

Belle e Nancy

assinatura_damas-belle

 

 

Deixe um comentário

Seu e-mail não vai ser publicado