14 setembro
2016

​Alimentação e cabelos bonitos e saudáveis. 5.00/5 (100.00%) 5 votes

​Alimentação e cabelos bonitos e saudáveis, entenda sua relação.

Para ter cabelos brilhosos, macios, bonitos e saudáveis, nós mulheres nos preocupamos em fazer tratamentos de nutrição e hidratação capilar constantes no salão de beleza.

Pensamos em fazer isso devido às químicas, escovas, chapinhas e outros processos aos quais costumamos nos submeter frequentemente. Mas não é só isso que pode comprometer a saúde dos fios!

Há vários fatores que interferem na saúde capilar como alterações hormonais, uso frequente de medicamentos, stress, propensão genética (hereditariedade), algumas patologias e uma alimentação inadequada.​

Vamos pensar na estrutura de um fio de cabelo: ele é composto em sua maioria por proteína (queratina e melanina), água, lipídeos, glicogênio, vitaminas e minerais. Uma rotina alimentar inadequada pode ocasionar diversos problemas de saúde, em diversos órgãos, e com os pelos e o cabelo não poderia ser diferente. Se a ingestão de nutrientes que compõem a estrutura do fio capilar for deficiente como resultado teremos fios quebradiços, frágeis, ressecados, opacos, sem elasticidade e com queda.

Já o consumo em excesso de gorduras saturadas (principalmente de origem animal) e de açúcar pode agravar problemas como a caspa e a dermatite seborreica.
​Para ter cabelos bonitos, além de uma alimentação saudável, consumir alguns alimentos regularmente podem ajudar a corrigir alguns probleminhas, como:

 

 

Fios quebradiços ou caindo

As proteínas estimulam o crescimento e fortalecimento dos fios. Consuma alimentos como:
Carne vermelha ou frango: lembrando que a carne vermelha além de ser fonte de proteína contém ferro (nutre os folículos capilares) e vitaminas do complexo B (renovação celular);
Peixes e frutos do mar: e se for peixe como salmão, sardinha, arenque ou atum é melhor ainda já que é fonte de ômega 3;
Leite, queijos e derivados: Contém também cálcio que é importante por regular a entrada e saída de nutrientes nos vasos sanguíneos. Se esta “passagem” estiver normal, os nutrientes chegarão também até os fios de cabelo;
Feijão, lentilha, grão de bico, soja: proteínas de origem vegetal que, mesmo contendo uma quantidade menor de aminoácidos essenciais, devem ser consumidas com regularidade;
Ovos: contém também biotina (vitamina que participa da síntese da queratina). Já a clara do ovo é rica em albumina (proteína) que forma e recupera as cutículas do fio capilar.

Alimentação e cabelos

Proteínas

Alguns minerais:
Zinco (aumenta a multiplicação celular o que estimula o crescimento dos fios e os deixam fortes): Carnes, crustáceos, gema de ovo, nozes, grãos integrais e farelo de trigo;
Ferro (melhora a absorção de nutrientes): carnes vermelhas, miúdos, brócolis, espinafre, folhas verde escuras, feijões, lentilhas;
E o cobre é um elemento importante, pois é ele quem confere cor aos fios (age nos pigmentos). É encontrado nas oleaginosas, grãos integrais, fígado e crustáceos.

 

Cabelos ressecados e opacos:

Regularmente oleaginosas uma vez que elas conferem brilho e hidratação às madeixas!
São elas: Nozes, castanhas, amêndoas, avelã, amendoim, pistache, linhaça, sementes de girassol, gergelim…
O uso adequado de gorduras insaturadas (as gorduras “boas”) também garante o resultado desejado. Além dos peixes temos outras fontes, como: linhaça chia, azeite, óleos (soja, milho, canola, amendoim) e o do grupo das oleaginosas.

Alimentação e cabelos

Oleaginosas

 

Controle da oleosidade:

O consumo frequente de vitamina A pode controlar a produção de sebo no couro cabeludo e evitar a degeneração celular já que essa vitamina é um excelente antioxidante (combate os radicais livres).
Encontra-se em frutas e vegetais alaranjados e amarelados ou verdes escuros, gema de ovo, óleo de fígado de peixe, leite, dentre outros.
O Zinco aparece aqui novamente, dessa vez inibindo a oleosidade excessiva e melhorando a descamação do couro cabeludo.

 

Dica geral:

O consumo regular de vitaminas antioxidantes protege os fios contra o envelhecimento precoce e estimulam o crescimento de novos fios.
Vitamina C: frutas cítricas, folhas verde escuras;
Vitamina E: oleaginosas, gema de ovo, óleos vegetais e cereais integrais.

Consuma bastante água ao longo do dia já que a hidratação começa de dentro para fora!
A adoção de uma alimentação saudável por muitas vezes consegue minimizar esses probleminhas citados (se a causa for ligada a carência nutricional). Consulte um nutricionista para adequar sua alimentação conforme suas necessidades.
Lembrete: Não utilize suplementos vitamínicos e de minerais sem orientação de um nutricionista/médico.

 

Beijos,

Caroll

dama-urbana-por-dra-caroll

Uma resposta

  1. Cláudio Heller Alves

    Dra. Caroll,
    que matéria importante!
    Parabéns pela qualidade das informações e texto impecável.
    Muito obrigado e continue fazendo sucesso. Suas dicas e orientações são muito relevantes .
    Um grande abraço.
    Cláudio

    Responder

Deixe um comentário

Seu e-mail não vai ser publicado